Melhorar a performance dos times pode ser mais simples do que parece

  • 3

Melhorar a performance dos times pode ser mais simples do que parece

Category : Bússola Digital

Olá,

Tudo bem? Hoje trago um vídeo bem interessante. É rápido (menos de 7min) e gera um impacto muito forte na nossa compreensão de performance de equipes, fluxo de trabalho, gargalos e otimização de processos.

Ele compara o tempo de escoamento da água de uma garrafa e mostra como pode cair de 18s para 12s com uma pequena alteração no sistema, sem nenhum componente novo, e como ainda pode diminuir para 4s se for introduzido um simples agente externo.

Clique na imagem para assistir o vídeo:

Tempo gasto para tirar a água da garrafa

Tempo gasto para tirar a água da garrafa (clique aqui para assistir no Youtube)

No primeiro caso, temos muita atividade, mas pouca vazão. O vídeo faz uma analogia com os conflitos corporativos que vemos no dia-a-dia entre diferentes equipes de uma empresa e os processos internos que não geram valor. Pode ser que até exista a otimização local de cada equipe, mas não há o pensamento no todo, de forma conjunta.

Já o segundo exemplo seria para os casos em que há um objetivo comum às equipes e elas perseguem juntas esse objetivo. Isto gera um fluxo contínuo, com todos caminhando no mesmo sentido e regulados pela vazão das entregas.

O que acho bacana neste caso é que não há nenhum novo agente externo. Ainda na analogia corporativa, bastaria que as equipes tivessem um objetivo comum, com metas claramente definidas e convergentes, para que o trabalho e as entregas fluissem melhor.

No último exemplo, houve a introdução de um agente externo e uma evolução mais significativa ainda. A analogia que o vídeo faz é que é possível ter um ambiente corporativo de calma, sem conflitos, estável e também com alta performance de entregas.

E, por que não?, uma cultura genuinamente colaborativa.

Um dos aspectos marcantes nas metodologias ágeis é que elas permitem evoluções como essas na performance dos times. Longe de dizer que tudo funciona às mil maravilhas e perfeitamente, mas é fato que elas viabilizam esse tipo de evolução, porque muitos de seus fundamentos e conceitos são baseados em trabalho colaborativo e na teoria das restrições.

Quem me apresentou este vídeo foi o Jesuino Lopes aqui da ViaDigital.Solutions. Espero que você tenha gostado. Por favor, deixe seus comentários abaixo.

Um abraço,

Fabrício Fujikawa
ViaDigital.Solutions
Métodos de startups aplicados a soluções empresariais


About Author

Fabrício Yutaka Fujikawa

Aplico de forma pragmática metodologias para gerar valor com eficiência. Uso processos de trabalho simplificados, com melhoria contínua e incremental. Sigo metodologias, mas sou receptivo a inovações. Aprecio e pratico a culinária japonesa. Tenho um site em que compartilho minhas experiências: http://cozinhajaponesa.com.br/.

3 Comments

Oliver Tucciarone

13/03/2016 at 3:12 am

O desenvolvimento dos clientes começa bem antes de qualquer abordagem comercial. Porque é a preparação do vendedor que vai garantir que a abordagem surta efeito e que o vendedor não esteja perdendo tempo prospectando clientes que não têm interesse ou necessidade de compra.

Sérgio Brascher

01/03/2016 at 5:20 pm

Ótimo artigo, simples e objetivo!

    Fabrício Yutaka Fujikawa

    01/03/2016 at 6:11 pm

    Obrigado, Sérgio! Grande parceiro!

    Abraços,
    Fabrício

Leave a Reply

Receba nosso Boletim

Grátis, diretamente em seu email, artigos sobre métodos de startups aplicados a soluções empresariais.